0

Trem-bala brasileiro poderá ajudar a desafogar trânsito das grandes cidades

Pode ser um sonho, mas um sonho que terá de se tornar realidade logo, sob pena de, aqui no Brasil, virmos a sofrer sucessivos colapsos no trânsito, em todos os meios de transportes rodoviários, quer sejam locais, intermunicipais ou interestaduais. Basta observar-se o que está acontecendo com o estado das nossas rodoviais e com o trânsito nas grandes capitais. Em São Paulo, já há trechos que são percorridos mais rápidos de bicicleta do que de carro ou ônibus. A mesma coisa no Rio de Janeiro e em algumas outras grandes cidades.

A nós, ao que me parece, só restam os seguintes recursos, a serem praticados em conjunto, o que seria já uma solução para o futuro, enquanto se aguarda que a indústria automobilística mude o padrão dos carros de passeio para um menos poluente e de dimensões menores:

1) Recuperação e manutenção das malhas viárias existentes e construção de outras; 2) construção de anéis rodoviários, comunicando com viadutos elevados; 3) construção de novos sistemas de metrô; 4) construção de sistemas de comboios de alta velocidades (trens-balas).

Quanto isto vai custar e se teremos recursos? Não sei. Não sou técnico, nem político e não tenho obrigação de saber. Mas "eles", os governantes, têm essa obrigação. Não só de saber, mas de, efetivamente, encontrarem as soluções que todos nós, cidadãos comuns, somos capazes de enxergar. Não é preciso ser nenhum "expert" em trânsito de cidades para ver isso. Tanto isso é verdade, que o Governo já começou a pensar na possibilidade inicial de um sistema de trens-balas, para o percurso Rio - S. Paulo, que poderia ser executado em 1h 25m. Mas isso seria só o inícío, porque ainda haveria de se fazer muito mais.

Vejam a notícia abaixo, extraída do site ipcdigital.com, que confirma o que dissemos (exibida apenas a manchete - clique em ipcdigital.com para ver inteiro teor):

========================================
Publicado em 11/3/2008 12:31:52


O projeto foi elaborado em conjunto com o governo japonês, a ferrovias JR e empresas de construção

Tokyo - ipcdigital.com
A Mitsui Bussan se ofereceu para assumir a construção da ferrovia de alta velocidade que ligará o Rio de Janeiro e São Paulo. [...]

***** FIM DO RESUMO DA NOTÍCIA - Clique no título para ler *****
=================================================

Mas, afinal, a quantas anda essa negociação e quanto o projeto custará ao Brasil ? Ao que se sabe, existe um projeto, um custo "inicial" estimado de U$ 9 bilhões (que deve estar furado, porque já vi outros tantos valores, nos quais ainda não foram acrescentados a "taxa de corrupção"), um nome para o trem (TBB), um leilão de concorrência para a construção (previsto para 2009), um traçado (Rio-S.Paulo-Campinas), uma data de previsão para a entrada em funcionamento (entre o final de 2014 e início de 2015) e a vontade. Mas só isso e muita discussões e indefinições. E que não se venha a alegar, como desculpa, que o Brasil não terá dinheiro. Nosso Caixa hoje está mais forte. Já tivemos uma dívida externa que se julgava impagável e pagamos. Podemos obter um financiamento do Banco Mundial ou de um consórcio de bancos internacionais, para pagar em 20 anos, que, neste caso, valeria á pena.

Note-se que segundo constatado (veja a matéria completa "Comboio de Alta Velocidade", clicando aqui), só a implementação do trem-bala (sem as outras medidas também necessárias) já seria o suficiente para desafogar o trânsito nas grandes cidades e até nos aeroportos, uma vez que já se provou que em percursos de até 600 km, o trem-bala o executa mais rapidamente do que o avião (descontados os tempos de locomoção de ida e vinda ao aeroporto, mais o tempo de check-in e o de espera) e com maior conforto e segurança. Portanto, ele absorveria passageiros de outros meios de transporte (nossa aviação também vai mal das pernas) e a maioria das pessoas iriam preferir o tem-bala aos seus carros, em muitos dos percursos, desafogando as estradas. E sem prejuízo, porque a velocidade-padrão de um trem desses é em torno de 350 km/h (cruzeiro), podendo chegar até 575,8 km/h, como a do TGV francês (dados de hoje).

Países como o Japão (o pioneiro), França, Alemanha, China, Espanha, Itália, Portugal, Reino Unido e, mais recentemente a Coréia do Sul, já adotaram essa solução. Na Coréia do Sul, o modelo implantado foi o moderno KTX, altamente sofisticado e com controles por computador, à distãncia, e que desenvolve a velocidade de 380 km/h, dentro de um sistema aberto ao público 24 horas por dia.

Será que um dia vamos chegar nisso ou vocês acham que existem outras soluções mais "baratas" ou mais convenientes?

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse a sua opinião, positiva ou negativa, sobre o texto acima. Seu comentário, se não retido pelo verificador automático de spam, será publicado de imediato. Se a publicação demorar alguns minutos, retorne e confira!

As imagens utilizadas neste blog foram coletadas na internet ou produzidas por adaptações ou fotomontagens. Se por acaso o detentor do copyright não concordar com a exibição, basta entrar em contato conosco e comprovar a propriedade para que a retiremos do blog.

Pesquisar neste blog

Pingar/Favoritar/Compartilhar/Traduzir

Uêba - Os Melhores Links Acessar Portal
Enviar post ao lado para ... ->Bookmark and Share

Traduzir(Translate):


Nota de esclarecimento:

Apesar de primarmos pela seriedade deste blog, só informando aquilo que é correto e comprovado, em determinadas ocasiões seremos obrigados a optar pela linguagem bem-humorada e irreverente dos jovens. Afinal de contas, o nosso objetivo é "informar e divertir" e, ocasionalmente, em alguns dos assuntos referentes a Religião e Política, esse tipo de linguagem poderá vir a ser utilizado, mas apenas como recurso literário, sem que isso represente uma ofensa ou achincalhamento a qualquer pessoa ou àquelas instituições, o que, aliás, repelimos.

Por favor, senhores políticos e religiosos, deixem-nos falar e não nos processem. Vocês podem retrucar, debater e se defender aqui mesmo e, se estivermos errados, nos retrataremos. O espaço também é livre para vocês.

Seguidores

Siga-me fora

Meu Espaço no Scribd

Link do blog


(Copie e cole o código acima na barra lateral do seu blog)

Acessar
Ocorreu um erro neste gadget

Minhas Redes Sociais



O grande coirmão

Parceiros Recentes


Bem-vindo, visitante

Bem-vindo, visitante!

Aqui você pode conhecer a minha opinião sobre variados assuntos, emitir a sua e/ou conhecer as dos outros usuários, com quem também poderá debater sobre os temas expostos. As únicas coisas a evitar são as ofensas pessoais, o radicalismo e o fanatismo, principalmente em questões de natureza religiosa.

Os artigos atribuídos ao administrador foram elaborados sob a ótica do racionalismo ou intimista. Todos os "posts" estão classificados por áreas de interesse. Escolha a da sua preferência e participe!


Arquivos

Meus Sites Literários

Ver site literário do autor

Videowalls

Mural de Recados

Comunique-se com outros participantes deste blog, deixando e recebendo recados!

El Escaparate (Ayuda Blogger)

Últimos Comentários

Visitantes:

Geral:

Efeitos Especiais
Por país, a partir de 17/06/2009: free counters

Atividades/Origens das visitas

MyFreeCopyright.com Registered & Protected
Textos protegidos por Copyright
Reprodução permitida, desde que
sem alterações e com citação do
autor original e fonte.
cód 2ª ln, 1ª cl esq

Conheça também estes sites da Rede DDD:

Clique aqui para acessar
Clique aqui para acessar
-- cód 1ª ln, 3ª cl (dir) --
--- cód 2ª ln, 3ª cl (dir) ---
Template por Abdul Munir, customizada por Ivo S. G. Reis | Blog - Layout4all
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...