0

Querem entregar o Brasil: Exército, contrário, não é ouvido

A reportagem abaixo, extraída do jornal FOLHAONLINE, fala por si só, a respeito do intrincado julgamento que o STF terá de enfrentar em fevereiro. O coronel que se pronuncia é apenas "mais um" dos muitos militares contrários à demarcação contínua. Outro comandante militar na Amazônia, o General Heleno, foi admoestado e "aconselhado" a ficar de boca fechada.

Aliás, sobre esse assunto, parece haver uma coesão e um consenso entre os comandantes militares que servem ou serviram na Amazônia, mais especificamente, nas fronteiras das reservas indígenas da região: a demarcação da TI Ianomâmi foi um erro; a da Raposa Serra do Sol, será outro, que poderá aumentar o risco (ja existente) à soberania nacional.

O que nos intriga a todos é:

1) Por que não podem os militares falar "abertamente" sobre o assunto?
2) Por que não podem revelar os nomes dos "traidores da pátria" (notem que ao ser perguntado sobre isso, o general respondeu: "Não vou citar")
3) Por que não conseguem convencer o Governo e o STF de que não devem aprovar mais esta demarcação contínua, pelo risco que representa à segurança e soberania nacional?

Vejam que não é necessário ser nenhum "cientista político" ou "estrategista militar" ou "jurista versado em Direito Internacional" para enxergar os riscos que a demarcação contínua envolve e os reais interesses que existem por trás disto. Então, por que o Brasil vai ceder? Por que não resiste às pressões internacionais? Estranho, muito estranho... Mais estranho ainda quando o STF, nosso órgão máximo de justiça, colabora com isso. Ainda há tempo de reverter a situação, se quiserem. Mas por que não querem?

Estas dúvidas assolam e preocupam todos os brasileiros. Leiam as entrevistas e tirem suas conclusões!


27/08/2008 - 08h15
Contra a demarcação: Coronel vê risco de surgir "nação étnica" na fronteira
da Folha de S.Paulo, em Brasília

Gélio Fregapani, 72, diz conhecer como poucos o Estado de Roraima, onde pisou pela primeira vez no início dos anos 1960. Coronel reformado do Exército, foi um dos fundadores do Cigs (Centro de Instrução de Guerra na Selva), trabalhou por dez anos na Abin (Agência Brasileira de Inteligência). Diz que o Exército é "fervorosamente contra" a demarcação contínua da reserva.
Apontado pela PF como um dos responsáveis por municiar os arrozeiros que atacaram índios, disse que, se isso tivesse ocorrido, a PF não estaria mais na região. "Esse pessoal não pode competir comigo."

FOLHA - Por que a Raposa/Serra do Sol deve ser demarcada em ilhas?
GÉLIO FREGAPANI - A demarcação contínua de uma grande área indígena, com diferentes etnias e culturas, provoca a criação de algo parecido com o Curdistão, uma nova nação étnica separada dos países. Se for em ilhas, não tem problema nenhum.

FOLHA - Há pressão internacional para formar uma nova nação?
FREGAPANI - Sim. Essa história de índios nômades é falácia. Claro que existe possibilidade de migrações, mas os índios não são nômades. Não é necessária uma área do tamanho de Portugal para isso tudo. Na fronteira é o perigo.

FOLHA - O sr. defende que os índios não levem em conta sua cultura e se considerem apenas brasileiros?
FREGAPANI - Sim. Se nós [fizermos isso], damos [permissão] à criação de nações dentro do Brasil, estamos contribuindo para desagregar o país. Os EUA desejam isso, a Inglaterra, a Alemanha. Porque querem aquelas jazidas que têm lá e querem lidar com um governo mais dócil, não com o governo brasileiro. Se o Brasil ganhar a Raposa, haverá condições de contestarmos outras [terras].

FOLHA - O governo diz que pode entrar a qualquer tempo nas terras.
FREGAPANI - O governo está dividido. Há uma parcela de traidores no governo. Além do mais, o Exército é fervorosamente contra essa reserva, a ponto de poder haver motins se a demarcação for contínua.

FOLHA - Quem são os traidores?
FREGAPANI - Não vou citar. Há um esforço para dividir o Brasil. Chega um momento em que nem o Exército consegue entrar. Nenhuma fronteira é sagrada. Só ficam razoavelmente definidas quando habitadas. Fala-se da floresta, mas é para desviar o assunto. Querem é a serra que separa o Brasil da Venezuela e das Guianas, por causa do potencial mineral.

FOLHA - Os índios não têm direito?
FREGAPANI - Eles têm toda a terra de que precisam. Aquilo é grande. É terra demais e os índios não estão ligados a isso. Isso é coisa de estrangeiro.

FOLHA - A PF o acusa de ajudar os arrozeiros com táticas de guerrilha.
FREGAPANI - Se tivesse ensinado táticas de guerrilha não tinha um policial federal lá. E quem afirmou isso estaria morto. Esse pessoal não pode competir comigo. Agora, quando a região se declarar independente, aí sim vou fazer guerrilhas.

(((((((((((((((((((((( O ))))))))))))))))))))))


Leia também os seguintes artigos relacionados ao mesmo assunto, publicados no blog co-irmão Debata, Desvende e Divulgue!:

0 comentários:

Postar um comentário

Expresse a sua opinião, positiva ou negativa, sobre o texto acima. Seu comentário, se não retido pelo verificador automático de spam, será publicado de imediato. Se a publicação demorar alguns minutos, retorne e confira!

As imagens utilizadas neste blog foram coletadas na internet ou produzidas por adaptações ou fotomontagens. Se por acaso o detentor do copyright não concordar com a exibição, basta entrar em contato conosco e comprovar a propriedade para que a retiremos do blog.

Pesquisar neste blog

Pingar/Favoritar/Compartilhar/Traduzir

Uêba - Os Melhores Links Acessar Portal
Enviar post ao lado para ... ->Bookmark and Share

Traduzir(Translate):


Nota de esclarecimento:

Apesar de primarmos pela seriedade deste blog, só informando aquilo que é correto e comprovado, em determinadas ocasiões seremos obrigados a optar pela linguagem bem-humorada e irreverente dos jovens. Afinal de contas, o nosso objetivo é "informar e divertir" e, ocasionalmente, em alguns dos assuntos referentes a Religião e Política, esse tipo de linguagem poderá vir a ser utilizado, mas apenas como recurso literário, sem que isso represente uma ofensa ou achincalhamento a qualquer pessoa ou àquelas instituições, o que, aliás, repelimos.

Por favor, senhores políticos e religiosos, deixem-nos falar e não nos processem. Vocês podem retrucar, debater e se defender aqui mesmo e, se estivermos errados, nos retrataremos. O espaço também é livre para vocês.

Seguidores

Siga-me fora

Meu Espaço no Scribd

Link do blog


(Copie e cole o código acima na barra lateral do seu blog)

Acessar
Ocorreu um erro neste gadget

Minhas Redes Sociais



O grande coirmão

Parceiros Recentes


Bem-vindo, visitante

Bem-vindo, visitante!

Aqui você pode conhecer a minha opinião sobre variados assuntos, emitir a sua e/ou conhecer as dos outros usuários, com quem também poderá debater sobre os temas expostos. As únicas coisas a evitar são as ofensas pessoais, o radicalismo e o fanatismo, principalmente em questões de natureza religiosa.

Os artigos atribuídos ao administrador foram elaborados sob a ótica do racionalismo ou intimista. Todos os "posts" estão classificados por áreas de interesse. Escolha a da sua preferência e participe!


Arquivos

Meus Sites Literários

Ver site literário do autor

Videowalls

Mural de Recados

Comunique-se com outros participantes deste blog, deixando e recebendo recados!

El Escaparate (Ayuda Blogger)

Últimos Comentários

Visitantes:

Geral:

Efeitos Especiais
Por país, a partir de 17/06/2009: free counters

Atividades/Origens das visitas

MyFreeCopyright.com Registered & Protected
Textos protegidos por Copyright
Reprodução permitida, desde que
sem alterações e com citação do
autor original e fonte.
cód 2ª ln, 1ª cl esq

Conheça também estes sites da Rede DDD:

Clique aqui para acessar
Clique aqui para acessar
-- cód 1ª ln, 3ª cl (dir) --
--- cód 2ª ln, 3ª cl (dir) ---
Template por Abdul Munir, customizada por Ivo S. G. Reis | Blog - Layout4all
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...